E-mail Facebook Twitter

Projeto Hospitais Saudáveis

Notícias

Lançamento da campanha global Cidades sem Máscara ("Unmask my City")


Campanha Global Cidades sem Máscara ("Unmask my City"), lançada dia 02 de maio de 2017, tem como principal objetivo a sensibilização do setor saúde e dos cidadãos de todo o mundo para a problemática da poluição do ar e da mudança do clima em grandes cidades no mundo


As organizações de saúde no Brasil vêm se engajando cada vez mais no combate às  mudanças do clima entre outras questões centrais da saúde pública ambiental.

A campanha global Cidades sem Máscara ("Unmask my City"), representada no Brasil pelo Projeto Hospitais Saudáveis, está mobilizando os membros brasileiros da Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis pela melhoria da qualidade do ar na cidade de São Paulo. Acreditamos que o setor saúde pode fazer a diferença na luta contra a poluição do ar e a mudança do clima e contribuir significativamente para melhorar a qualidade de vida de 12 milhões de pessoas que vivem em São Paulo.


A poluição do ar é responsável por mais de 6,5 milhões de mortes prematuras no mundo por ano, sendo que 3 milhões dessas mortes ocorrem devido à poluição do ar externo (outdoor air pollution). Esse é um problema enfrentado em muitos países: mais da metade das cidades dos países de alta renda e 98% dos países de média e baixa renda não cumprem os padrões de qualidade do ar estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde.

A principal fonte de poluição do ar externo (outdoor air pollution) é a queima de combustíveis fósseis - para os sistemas de transporte de pessoas, bens e serviços, para aquecer nossas casas, bem como para os processos industriais. A exposição das pessoas às partículas de poluição do ar - os materiais particulados MP10 e MP2,5  - está associada ao aumento de doenças respiratórias e cardiovasculares e problemas durante o nascimento, além de evidências crescentes de impacto no desenvolvimento cerebral e na função cognitiva.


A gente sabe que a poluição de SP causa efeitos adversos à saúde da população, inclusive à saúde respiratória.
Dra. Thais Mauad, patologista pulmonar na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Mundialmente, 25% dos MP2,5 provêm de fontes de transporte, enquanto 15% dos MP2,5 têm sua origem na produção de energia e outras atividades industriais, cerca de 18% têm origem na poeira e no sal marinho em ressuspensão e 20% vêm da queima de combustível em residências.

Na cidade de São Paulo, uma das dez maiores cidades do mundo, com uma população de mais de 12 milhões de habitantes, circulam diariamente, mais de 5 milhões de carros, quase 1 milhão de caminhões e mais de 40 mil ônibus circulam na zona urbana de São Paulo, segundo dados do IBGE.

 

 

A poluição atmosférica, causada principalmente pela queima de combustíveis fósseis dos transportes, é responsável por cerca de 4 mil mortes por ano na cidade de São Paulo. A queima de combustíveis fósseis para alimentar nossos sistemas de transporte e negócios também contribui para o aquecimento global e para os impactos das mudanças climáticas, contribuindo ainda mais para a insalubridade do ar em São Paulo. Todo cidadão paulistano tem direito a um ar seguro e limpo. Trabalhando para melhorar a qualidade do ar em nossas cidades, estaremos melhorando substancialmente a saúde das nossas comunidades e do nosso planeta.


A qualidade do ar tem tudo a ver com doença respiratória. Isso é fato, se eu pegar um paciente meu, ele diz tranquilamente que saindo de São Paulo, melhora.
Dr. Marcelo Francisco Lopes, pneumologista da Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM)

Na Zona Leste de São Paulo, o AVC e o infarto são a principal causa de mortalidade e a poluição contribui de forma preponderante para que isso aconteça.
Dr. Martim Elviro, especialista em Medicina da Família e da Comunidade na APS (Atenção Primária à Saúde) Santa Marcelina.

 

NOSSOS PROJETOS

Seminário Hospitais Saudáveis - SHS é o principal evento promovido pelo Projeto Hospitais Saudáveis. Saiba Mais

Saúde Sem Mercúrio - O mercúrio é tema de campanha mundial. Saiba Mais

Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis - Saiba mais

Desafio 2020 a Saúde pelo Clima - Saiba mais

PARCERIAS

O Projeto Hospitais Saudáveis é ponto focal no Brasil da organização internacional Saúde Sem Dano. Saiba mais

PARTICIPE DO PHS

Receba nossos boletins, notícias e divulgação de eventos.Torne-se membro do PHS ou cadastre-se para receber notícias e divulgação de eventos