E-mail Facebook Twitter

Projeto Hospitais Saudáveis

Notícias

Projeto Hospitais Saudáveis participa de seminário organizado pelo Ministério do Meio Ambiente com foco na Convenção de Minamata


 

O Projeto Hospitais Saudáveis, representado pelo Presidente do Conselho, Vital Ribeiro, apresentou o painel “O Projeto Hospitais Saudáveis, uma iniciativa para a redução do mercúrio em equipamentos hospitalares”, no Seminário sobre Mercúrio - Cooperação bilateral Brasil x Suécia, organizado pelo Ministério do Meio Ambiente, em cooperação com as agências suecas de controle de produtos químicos (KemI) e de proteção ambiental (Swedish EPA) e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA)  nos dias 24 e 25 de abril de 2014, em Brasília.

O mercúrio é uma substância altamente tóxica, persistente no meio ambiente, capaz de se disseminar globalmente por diversas vias de contaminação. O banimento do mercúrio no setor saúde é objeto de campanha mundial, iniciada em 2008 por Saúde Sem Dano e a Organização Mundial da Saúde, que trabalham juntos na Iniciativa Global Saúde Sem Mercúrio. A proposta da campanha é ter uma assistência à saúde livre de mercúrio, apoiando a implantação de alternativas precisas, seguras e viáveis em todo o mundo. No Brasil, essa campanha é conduzida pelo Projeto Hospitais Saudáveis que, desde 2009, já realizou diversos eventos regionais e mobilizou dezenas de unidades de saúde em todo o país, sendo referência nacional para a defesa e discussão do tema.

O Seminário teve como objetivo prover uma ampla visão sobre a gestão do mercúrio em produtos, processos industriais, emissões e mineração de ouro artesanal e em pequena escala, compartilhando pontos de vista entre os parceiros brasileiros, governo sueco (Kemi - Agência Sueca de Químicos e EPA - Agência de Proteção Ambiental da Suécia) e representantes do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) Químicos. O evento teve como foco a Convenção de Minamata, cujo objetivo é reduzir e controlar as emissões de mercúrio em nível mundial, assim como a produção e o uso deste metal, sobretudo em processos industriais. A convenção prevê que até 2020 os dispositivos de saúde que usam mercúrio sejam totalmente banidos nos países signatários. Assim sendo, o evento foi de extrema importância para dar assistência ao seu processo de ratificação e implementação e promover a coordenação e cooperação com a Convenção de Estocolmo, Roterdã e Basileia.

Participaram do seminário representantes do governo brasileiro e sueco, associações industriais e ONGs, dentre estas: Ministério do Meio Ambiente, Kemi (Agência Sueca de Químicos), PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) Químicos, EPA (Agência de Proteção Ambiental Sueca), ABICLOR (Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados), Apliquim, Projeto Hospitais Saudáveis, Ministério da Saúde, ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland), Universidade de São Paulo, FIOCRUZ, Universidade de Brasília, OTCA (Organização do Tratado de Cooperação Amazônica) e IBAMA.

NOSSOS PROJETOS

Seminário Hospitais Saudáveis - SHS é o principal evento promovido pelo Projeto Hospitais Saudáveis. Saiba Mais

Saúde Sem Mercúrio - O mercúrio é tema de campanha mundial. Saiba Mais

Rede Global Hospitais Verdes e Saudáveis - Saiba mais

Desafio 2020 a Saúde pelo Clima - Saiba mais

PARCERIAS

O Projeto Hospitais Saudáveis é ponto focal no Brasil da organização internacional Saúde Sem Dano. Saiba mais

PARTICIPE DO PHS

Receba nossos boletins, notícias e divulgação de eventos.Torne-se membro do PHS ou cadastre-se para receber notícias e divulgação de eventos